Início > Notícias > Por quê isso não está no Battlefield 3 | Uma comparação de Bad Company 2

Por quê isso não está no Battlefield 3 | Uma comparação de Bad Company 2

Então eu apareci Battlefield: Bad Company 2 no PS3 na noite passada pela primeira vez desde o lançamento do Battlefield 3. Para minha surpresa, ele não parece nem um pouco envelhecido. Na verdade, eu encontrei prazer tão grande, se não mais, do que quando joguei pela última vez. Rapidamente se tornou claro para mim que Bad Company 2 ainda tem alguns pontos fortes que os outros atiradores, incluindo Battlefield 3,  ainda têm de superar.  Além disso, durante a jogatina, fiz a pergunta, “porque porque isto não está no Battlefield 3”, ou “por que Battlefield 3 não é melhor?”
Enquanto jogava, eu fiz uma lista rápida de coisas que BF3 poderia ter “pegado emprestado” de Bad Company 2. Afinal eles são feitos pela mesma empresa, certo?
Gostaria de deixar claro que eu estou bem ciente de que Battlefield 3 é uma sequência direta de Battlefield 2, e não de Bad Company 2. Isso significa que as coisas, um monte de coisas, pode e deve ser diferente, incluindo a forma como as armas e veículos funcionam, a mecânica de jogo, bem como o aspecto geral e a sensação do jogo. Coisas como a adição de mais recoil para as armas ou limitar as snipers para one-hit-kill apenas na cabeça e parte superior do tórax, a curta distância foram as decisões que os desenvolvedores da DICE fizeram para diferenciar o jogo a partir dos títulos anteriores. Além disso, a destruição foi feita para  atender aos ambientes mais urbanos do Battlefield 3. Estas coisas são, o que chega mais perto da série original de Battlefield  ou então os desenvolvedores queriam dar uma mudada no estilo do jogo mesmo. As coisas que serão listadas por aqui são pequenos detalhes e recursos de Bad Company 2 que acredito que poderia ter sido trazido para o Battlefield 3 e teriam simplesmente o tornado o melhor FPS feito até hoje.
Então, vamos começar! O post não acaba aqui!

Menu pós jogo

Admita isso. Jogos em ambos Bad Company 2 e Battlefield 3 podem ser alguns dos momentos mais épicos e intensos que você irá experimentar em um jogo de tiro em primeira pessoa. Contudo, nada quebra mais o clima que uma partida de 300% ticket terminar com uma simples tela preta com scores. Eu adorava os pequenos trailers que eram exibidos no final das partidas. Isso realmente dá um senso de realização. Era ótimo ver a base inimiga explodir toda quando ganhávamos as partidas. Claro, é um tempo extra para chegar à tela de scores, mas eram apenas alguns segundos de duração e quem não quer um descanso rápido após as longas batalhas que o jogo tem tanto para oferecer? Para acrescentar a isto, ele também deu contexto e história para o multiplayer ao lembrar os jogadores que havia um motivo para matar, morrer e pegar bandeiras. Tudo isso foi implementado pela DICE no multiplayer do Medal of Honor. Mas infelizmente, parece que foi simplesmente deixado para trás no Battlefield 3.

Melhores transições de bases no Rush:

Battlefield 3 tem feito um trabalho muito bom isso até agora. A explosão do túnel após a primeira base do Operation Metro, ou no início de Kharg Island no Rush são muito espetacular, juntamente com a seqüência de base jumping após a segunda base no Davamand Peak. Enquanto Bad Company 2 não tem como grandioso essa  transição. Eu acho que esta é uma adição simples que poderiam ser implementadas mais algumas vezes nos mapas de Rush do BF3.

Folhagem e neve:

Se há duas coisas que eu acho que a engine de Bad Company 2 fez de melhor, seriam a folhagem e  a neve. Na verdade, Battlefield 3 não tem mesmo nenhum mapa coberto de neve (embora isso pode mudar em breve). Compreensivelmente, Battlefield 3 é definido em ambientes muito mais urbanos, mas eu percebi que DICE teria tido a chance de mostrar a potência do motor Frostbite 2 com alguns mapas densamente florestadas ou brilhantemente iluminados cobertos de neve. Need for Speed: The Run teve neve nos cenários e ele usa exatamente o mesmo motor (Frostbite 2). Claro, todos nós nos lembramos  de Bad Company 2 Vietnam com os seus arbustos e árvores densas, alterando ligeiramente o jogo, fazendo um combate baseado na selva. Felizmente, nós vamos ver algumas dessas idéias se concretizarem nos próximos DLCs de Battlefield 3.

Para-quedas no BF3

Nada te coloca no calor da batalha com o objetivo de invadir a base inimiga como o pára-quedas no início de uma rodada do Bad Company 2. Era impossível não ficar sem palavras vendo um campo de batalha pequeno aumentar à medida que você desce em meio à explosões e tiros para todo lado. Na verdade, eu  sinto que Battlefield 3 teve a oportunidade perfeita para dar este passo ainda mais longe. Você pode se lembrar de uma das missões do Single Player(o quê? Battlefield 3 Single Player?) quando você e dois soldados russos pulam de um avião e mergulham a terra abaixo. Quão impressionante teria sido ter incluído isso no multiplayer, pelo menos no início da partida? Evidentemente, isso não iria funcionar bem em todos os mapas, mas e o Caspian Border com suas áreas mais abertas e falta de edifícios altos? Esta teria sido uma experiência de jogo extremamente única.

Além disso o para-quedas do Bad Company 2 era muito melhor que o do BF3, levando em consideração a agilidade, tempo para abrir e a capacidade de amortecer as quedas. O que o para-quedas do BF3 não faz e muito reclamam disso.

Mostrar o próximo mapa entre as partidas:

Esta é simples. Será que é pedir demais para uma imagem do próximo mapa na rotação entre as rodadas como em Bad Company 2, não poderíamos pelo menos ter algum tipo de indicador revelando o nome do mapa? Você pode se lembrar que a DICE recentemente adicionou a capacidade para sair entre os rounds no último patch. Eu sinto que esse botão sair poderia ter sido objeto de uso muito maior se nós soubéssemos qual seria o próximo mapa.

Mapas exclusivos para cada game mode:

Com certeza alguns mapas do Battlefield 3 simplesmente funcionam melhor para alguns tipos de jogos que os outros. Claro, é bom ter a escolha, mas eu sinto que alguns dos mapas mais memoráveis do Bad Company 2 foram exclusivos para qualquer Rush ou apenas Conquest. Valparaiso (Rush), Isla Inocentes (Rush), Cold War (Rush), Panama Canal (CQ), e Heavy Metal (CQ) todos vêm à mente.

Ao criar um mapa exclusivo de um tipo de jogo, acho que os desenvolvedores podem especificamente adaptá-lo para jogar muito bem nesse game mode. Por exemplo, Davamand Peak em Battlefield 3 foi obviamente construído para Rush. Conquest pode funcionar bem nele, mas você está limitado a apenas uma parte da totalidade do mapa. Além disso, alguns argumentam que CQ no Davamand Peak e Metro Operation, por exemplo, são muito lineares. E eles realmente são. Estes mapas não parecem que foram construídos com CQ em mente. Alguns podem dizer também que a última coisa que Battlefield 3 precisa agora é um limite para a quantidade de mapas que cada game mode possui.

Eu não me lembro de ninguém reclamando disso no Bad Company 2. A DICE provou que eles sabem como criar uma experiência específica com uma idéia simples para cada game mode como Rush ou Conquest. De qualquer forma, este não é tanto de uma demanda, pois é uma sugestão. Além disso, eu estou apostando que vamos ver alguns grandes mapas somente para Conquest no próximo DLC, Armored Kill.

Estatísticas de cada arma:

Simples. Onde elas estão? Também não está totalmente claro o que exatamente cada atachment faz. Isso pode ser frustrante para os recém-chegados ao Battlefield 3. Além disso, eu pensei que o menu de stats das armas estava bem claro, além de ajudar muito. Muitos gostariam de tê-lo visto no BF3.

_________________________________________________________________________

Muitas dessas coisas podem parecer pouco, mas por serem pequenos e simples como estatísticas de armas, os indicadores dos futuros mapas ou as imagens após as partidas, fazem-me perguntar por que eles nunca foram simplesmente levados para o Battlefield 3. Poderia ser porque DICE quis desviar o olhar Bad Company ? Poderia ter sido as limitações da engine? Podemos apenas imaginar. Talvez ,eles estão economizando estes recursos para Battlefield: Bad Company 3, que foi recentemente visto em desenvolvimento? E, embora alguns de vocês podem considerar estas coisas sem importância, eu sinto que eles ainda podem acrescentar muito para a experiência de imersão em que a série Battlefield é conhecida. Poderia ter sido um pouco planejada e bem feito, apenas fazendo o jogo melhor do que já é.

No entanto, eu gostaria de terminar com uma nota mais positiva, lembrando para você olhar para todas as coisas que a DICE adicionou no Battlefield 3 também. Talvez eu até faça uma comparação como essa no futuro, mostrando o que BF3 tem de melhor que BFBC2. Alguém poderia argumentar que a beleza dos  dois jogos é que ambos são diferentes e que cada um tem suas limitações. Enquanto Bad Company 2 pode não ter a base de jogadores de grande porte que Battlefield 3 tem agora, ainda vale a pena uma visita.

Então, por que vocês acham esses detalhes e características não foram levados para o BF3? Há algum detalhe que eu perdi que você simplesmente não pode viver sem e que sente muita falta?Deixe suas sugestões nos comentários abaixo!

Anúncios
Categorias:Notícias
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: